O que é o Scandinavian Flick e como fazer?

O Scandinavian Flick é uma técnica usada em corridas de gelo, neve e ralis. A técnica induz o oversteer usando transferência de peso para “arrastar” um veículo através de uma curva, reduzindo simultaneamente a velocidade.

A partir da década de 1960, pilotos de carros de rally escandinavos popularizaram a técnica. A parte “flick” vem da técnica de “sacudir” a roda na direção oposta da curva para criar momento angular.

Uso contemporâneo

Desde a década de 1990, a maioria dos carros produzidos tem sido tração dianteira, que são propensos a understeer. Isso torna um veículo estável em alta velocidade, mas requer entradas de esterço maiores perto dos limites de aderência, especialmente em superfícies de baixa aderência. Pilotos habilidosos são capazes de usar uma manobra semelhante ao Scandinavian Flick, embora com menor esterço da direção e controlar o possível deslizamento usando bloqueio oposto.

A capacidade de um veículo para lidar com mudanças repentinas de direção em altas velocidades sem deslizar ou rolar foi criada através do chamado teste de alces. Este cenário ocorre quando o piloto está tentando evitar um obstáculo (neste caso um alce, ou qualquer outro animal grande que possa aparecer na estrada) em sua faixa de pista e em seguida retornar à sua faixa para evitar os carros do fluxo contrário. A sucessão de curvas fechadas em direções opostas combinadas com o levantamento do acelerador é exatamente como o Scandinavian Flick é executado. Essa é uma técnica usada em velocidades de corrida, não é normal que um consiga executar a manobra em uma velocidade normal de estrada.

Esta técnica é comumente usada em corridas no gelo ou neve na América do Norte e na Europa (por exemplo, o Andros Trophy). Em superfícies soltas, os pilotos de rali contemporâneos tendem a confiar mais no Trail Braking, que é a travagem com o pé esquerdo para o controle direcional em carros de FWD em curva.

Uso oficial

Esta técnica é ensinada por alguns países nas regiões escandinavas / nórdicas durante o treinamento básico do motorista comum. Também pode ser ensinado no Reino Unido para motoristas profissionais (por exemplo, polícia, resposta médica de emergência, militares) que podem ser obrigados a dirigir com pneus de neve em condições de gelo / neve, como um veículo pode se comportar de maneira diferente e requerer, em condições de inverno, habilidades de piloto.

Técnica

Mecânica do Scandinavian Flick
Aproximando-se pelo lado de dentro de uma curva, o piloto vira rapidamente para o lado de fora da curva, depois retira o pé do acelerador e aplica os freios de leve. Isso faz com que a transferência de peso gire o carro para o lado de fora da curva. Em seguida, virando a direção para dentro da curva e solte o pedal do freio enquanto aplica a aceleração máxima, fazendo com que o carro gire para a curva. Para a saída da curva, o piloto pode contra-esterçar para controlar o oversteer. Quando executada corretamente, esta técnica alinha o carro para a saída possibilitando o grip de aceleração de saída de curva.

Scandinavian Flick

PASSO 1: Comece posicionando o carro em direção ao lado de fora da entrada da curva – por exemplo, na curva à direita da imagem a cima, chegue na curva pelo lado esquerdo da entrada da mesma.

PASSO 2: Pouco antes da entrada normal da curva, vire rapidamente o volante para fora da curva – este é o “Flick”.

PASSO 3: Um segundo depois, você está no ponto de entrada de curva adequado. Esterce o volante rapidamente e para dentro da curva ao mesmo tempo em que tira o pé do acelerador (você também pode querer “beliscar” o freio).

PASSO 4: Fazendo a técnica certa, e a traseira do carro virará dramaticamente e começará a deslizar para o lado de fora da curva. Enquanto isso, a frente do carro apontará para o ápice da curva.

PASSO 5: Para evitar rodar de uma vez, e para manter a trajetória correta do carro, contra-esterce (vire o volante para a direção do deslizamento do carro) enquanto pisa gentilmente no acelerador.

PASSO 6: À medida que o carro passa pelo ápice da curva, endireite a direção gradualmente e com pequenas “cutucadas” no acelerador, cuidadosamente leve para manter o carro apontado para a saída da curva.

PASSO 7: Se você não está em uma vala ou um banco de neve, você fez corretamente o Scandinavian Flick. Pise no acelerador e prepare-se para a próxima curva.

wikepedia

car n driver